sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

30 km/h


Ao contrário do que as muitas vias rápidas e avenidas multi-faixa foram indiciando, a cidade é um mecanismo vivo que não se coaduna com excessos de velocidade. Talvez pelo laxismo generalizado dos nossos políticos e também do cidadão comum, morrem cada vez mais pessoas dentro das localidades:

O número de peões mortos ou feridos com gravidade aumentou 6,1% em Portugal em 2011, em relação a 2010. 
Dentro das localidades, o aumento foi de 6,6% (mais 36 vítimas), sendo que, em qualquer dos casos, o aumento ocorreu sobretudo nos feridos graves. 
Do total de peões falecidos, 83% ocorreram dentro das localidades. No caso dos feridos graves, essa percentagem foi de 91%. Do total de peões mortos ou feridos com gravidade (661), 89% ocorreram dentro das povoações.

Para contrariar tudo isto surgiu uma nova iniciativa europeia para limitar a velocidade máxima dentro das localidades a 30 km/h. Vamos tornar isso possível?

http://pt.30kmh.eu/

quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

L'Eroica - A prova!


A todos aqueles que possivelmente se cansaram de cá vir espreitar se já tinha 'saído' o resto do relato, os meus sinceros pedidos de desculpa.
O motivo para tal desrespeito é, contudo, bastante nobre:

O Pedro Carvalho da Revista B desafiou-me a fazer um relato da minha experiência 'eroica'. Aceitei sem pestanejar, e para não estragar o efeito surpresa, acabei por não finalizar o relato aqui no meu blog.

Aconselho vivamente a comprarem esta edição, mas entretanto, ou se estiverem sem trocos para gastar, podem cheirar aqui como ficou o artigo (gostei muito do grafismo):




Para quem não tem paciência para ler ou ver as fotografias impressas, posso resumir da seguinte forma:

A L’Eroica não decepciona.
Não é um pseudo-santuário para hipsters passearem o seu novo bigode. Não, é mesmo uma prova autêntica, com um espirito genuíno e onde, se quisermos, podemos ser “heróis” por um dia.


Até ao próximo ano! :)


domingo, 4 de novembro de 2012

L'Eroica 2012 - O prólogo


Gaiolle in Chianti.

A terra onde tudo começa e onde me desloquei para participar na L'Eroica.

Localizada no coração da Toscania, esta é realmente uma localidade tão pequena quanto bonita, e ninguém imaginaria ali realizar-se um evento desta dimensão.

Voo bem cedinho do Porto até Pisa, o aeroporto mais próximo de Gaiolle, e já em solo italiano encontrei-me com o resto da comitiva Le Coq Sportif de Espanha - fui integrado nessa família que por acaso (ou talvez não) é uma das principais marcas patrocinadoras da prova.

A Toscania é um zona turística e vinícola excelente... aqui não se vê nada descuidado e o recorte do horizonte é delicioso...


O dia de véspera foi a altura encontrada para fazer verificações técnicas, a LCS cedeu uam bicicleta clássica para eu fazer a prova - Ciclo Piollini - felizmente do meu tamanho e em boas condições de funcionamento.
Para além das características do terreno  a L'Eroica tem uma série de limitações com o objectivo de manter o espírito clássico do equipamento, sendo que a mais importante se prende com o tipo de bicicleta aceite: a bicicleta terá de ser de estrada (as bicicleta de BTT só apareceram por volta de 1985) e construída antes de 1987, quadro de aço, manípulos de mudanças no quadro e cabos de travão exteriores ao guiador.

Mesmo na véspera a aldeia já estava vestida a rigor:




A afinar uma roda no meio da confusão antes de um pequeno piquenique no jardim...


Estavamos agora a postos para o 'prologo' da L'Eroica, basicamente uma volta pela região até um pequeno castelo relativamente perto de Gaiolle.


Tudo a postos? Aqui vamos nós...





Notas relativamente a este pequeno passeio: pedalar em montanha é duro - muito duro mesmo - depois de fazer 10/15 km sempre a subir, e apesar do bom piso de asfalto, fiquei literalmente roto. 


A chegada ao castelo com direito a umas cervejolas e acepipes não deixou de me fazer pensar: será que tenho pernas para amanha



...continua...





quinta-feira, 4 de outubro de 2012

Herói por um dia


Percorrer as strade bianchi a pisar terra e cascalho solto, sentir o vento a bater na cara por entre as vinhas da região da Toscania, pedalar em bicicletas a sério - quadros de aço e poucas mudanças - subir as maiores colinas apenas com a força de vontade e dos músculos...
Era assim antigamente, e, graças à vontade de uns quantos, é assim ainda hoje - o verdadeiro espírito do ciclismo clássico regressa à Toscania todos os anos para a mítica prova L'Eroica.

Este ano e graças ao perfeito entrosamento da Velo Culture com a Le Coq Sportif vou ter o prazer de participar numa das provas ciclisticas mais fixes do universo - talvez a única que realmente daria um rim ou mesmo a minha Foffa para poder participar ;)

Se tiver ocasião talvez vá enviando umas fotografias para aqui para o blog ou para o Facebook, senão podem esperar um relato mais extenso quando chegar e os rolos secarem e forem digitalizados :)

quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Encomenda Armadilhada - o rescaldo


Pipocas e uma plateia repleta de Mensageiros de Bicicleta (prontos a sair dali para fazer uma Corrida de ruelas).

Quanto ao filme... bom, certamente já vi pior, e foi giro ver os quadros Surly e as rodas Velocity que vendemos na Velo Culture ;)

Obrigado a todos os que apareceram!

domingo, 30 de setembro de 2012

Premium Rush - Bilhetes de borla!


Querem ir ver um filme com bicla de borla ao cinema? Bom... é fácil:

Velo Culture e a Roda Livre em parceria com a Sony Pictures Portugal vão oferecer 10 convites duplos para a Antestreia exclusiva do filme ENCOMENDA ARMADILHADA no Porto (3 Outubro, Quarta-Feira – 21h30).

Para o conseguirem bastará enviar
 um email para info@velocultureporto.com com o vosso nome completo e a resposta às seguintes perguntas:

1ª: De que nacionalidade são as tímidas dinamarquesas do Departamento de Marketing da Velo Culture?

2ª: Quanto CO2 liberta um estafeta da Roda Livre ao transportar 5 cervejas e meia por 6,7km de percurso urbano?

Os bilhetes só serão entregues a quem se fizer deslocar de bicicleta até ao Cinema!


©2012 Columbia TriStar Marketing Group, Inc. All Rights Reserved


Parece fácil, não?

Até quarta! :)

domingo, 23 de setembro de 2012

A Cicloficina na Casa da Horta


Ontem recomeçou-se a Cicloficina do Porto, desta feito num novo espaço, a Casa da Horta, e foi bastante concorrida com umas 10/15 pessoas entre voluntários, mecânicos, curiosos e afins.




Até à próxima!

sábado, 22 de setembro de 2012

Nem a propósito... as Cicloficinas no P3!


No outro dia a Ana Maria Henriques ligou-me para saber como andava a cicloficina do Porto... pareceu quase de propósito, porque se estava a alinhar o regresso, ainda que em novo espaço, mas a prometer regularidade.

O artigo na íntegra aqui:

http://p3.publico.pt/actualidade/ambiente/4654/cidades-portuguesas-renderam-se-cicloficinas

Até já (na cicloficina do Porto)!

quarta-feira, 19 de setembro de 2012

Adivinha quem voltou?


A Cicloficina do Porto!

Que nem ave Fénix renascida das cinzas da Escola da Fontinha :) Conto lá aparecer e dar o meu contríbuto caso seja necessário!



sábado, 8 de setembro de 2012

Columbus - steel is real :)

Numa noite de pura investigação neurótica no mundo do aço aproveito para partilhar algum conhecimento sobre esta marca :)

http://www.equusbicycle.com/bike/columbus/columbuschart.htm

L'Eroica 2012



Depois de terminadas as grandes provas da "silly season" aproxima-se um dos eventos mais fixes do universo ciclistico mundial... a L'Eroica!
Pode ser encarada como um convívio ou uma festa, a ideia é viver o espirito intenso do ciclismo clássico, sem lycra, gel ou dopping.

Um dia...

terça-feira, 7 de agosto de 2012

Os campeonatos europeus de Bike Polo

Já que o blog vai numa onda de multimedia, aqui vai mais um vídeo de motivação colectiva:



Apareçam uma destas quarta feiras em Valongo... 

sexta-feira, 3 de agosto de 2012

segunda-feira, 9 de julho de 2012

2ª Alley Cat Racing Rats Crew - Porto - o vídeo!

2ª Alley Cat Racing Rats Crew - Porto - o vídeo:





Malta fixe a descobrir melhor a cidade... apareçam na próxima!

O vídeo foi feito com o apoio da Concept View, com a cinematografia do António Morais e realização e edição de Arlindo Cid.


Apoios da fabulosa Velo Culture Porto, Polo & Bike, Menino &Moça, Le Coq Sportif, Lucky Bastërds e etc etc

quarta-feira, 4 de julho de 2012

terça-feira, 3 de julho de 2012

O Ramal da Alfandega


O Ramal da Aldandega construído em 1880 foi durante décadas uma união muito importante entre a estação de Campanha e a Alfandega do Porto.
Com a inauguração do Porto de Leixões, a Alfandega do Porto perdeu peso e pertinencia e foi aos poucos reduzindo a sua circulação até ser fechada em 1989.
Ironicamente o edifício da Alfandega foi transformado entretanto em Museu dos Transportes.

Foi com grande agrado que li aqui (e também aqui) sobre a ideia de transformar este percurso abandonado numa ciclovia. Não sou grande apologista de ciclovias completamente segregadas do restante transito, mas esta parece-me uma oportunidade fabulosa de unir dois pontos da cidade que não oferecem grandes condições de 'ciclabilidade' (mau piso e declives menos agradáveis) a uma cota intermédia e interessante... já para não falar do elevado potencial turístico que a vista permite...

Isto é algo de novo?

Nem por isso... as sociedades mais desenvolvidas já tiraram partido (bom, nós em boa parte do país temos feito muitas Ecovias a aproveitar as antigas linhas de comboio) deste tipo de situações, senão vejamos:

San Sebastian:


Helsínquia:



Porto:



nota 1: obrigado Hugo por me teres mostrado as maravilhas da simulação 3D feita em Paint.

nota 2: já andaram a grafitar o raio da Ponte do Infante.

segunda-feira, 2 de julho de 2012

Massa Crítica no Porto


Quando se consegue circular com no meio deste ambiente, sabemos que a Massa Crítica do Porto atingiu finalmente maturidade :)

segunda-feira, 25 de junho de 2012

Ratos de corrida!

Esta última sexta tive o prazer de mais uma vez ajudar a organizar uma Alley Cat no Porto em conjunto com a o Hugo da Racing Rats Crew e mais uma malta amiga (a nossa Velo Culture, a Le Coq Sportif, Polo & BikeLucky Basterds, etc)...

Bom tempo, malta fixe, boas pernas a prova só pecou por ser pequena (para alguns) e desta vez a orientação e navegação provaram ser determinantes na escolha do vencedor :)

Ficam algumas fotos.. infelizmente nem todas focadas (a ideia era tirar uma fotografia a todos os participantes no meu ponto de controle, mas algumas não saíram bem...)















































Até à próxima!! :)