quarta-feira, 12 de maio de 2010

Extremismo



Olá!
Foi com grande indignação que vi ser incluído um cartaz da Cicloficina no Porto num artigo de "informação" que passou no telejornal da SIC no dia 7-05-2010. O dito artigo tinha como tema um alegado grupo de extremistas que fizeram ameaças de morte aos nossos primeiro ministro e presidente da república.
O que levou a que um jornalista incluísse o cartaz da Cicloficina (e também outros cartazes e imagens fora de contexto) não consigo perceber, ou antes, percebo: incompetência.

Como me senti ofendido por este assunto, já que voluntariamente todos os meses costumo participar na Cicloficina do Porto, não tardei em enviar uma mensagem para a SIC com o seguinte conteúdo:

"Ex.mos Sr.s

foi com bastante desagrado que vi ser referênciado um evento de cariz pacifico e voluntário, A Cicloficina, no vosso artigo sobre as alegadas ameaças a Cavaco Silva e José Socrates.
Não sei a que propósito foram buscar o cartaz da Cicloficina do Porto para este artigo, já que a cicloficina se trata APENAS de uma oficina mensal onde se arranjam e ensinam a arranjar bicicletas.
É bastante desagradável ver esta acção associada a assuntos fora do seu contexto e agradecia que fosse publicada uma nota de retractação pública sob pena de accionar a SIC pelo crime de injúrias.

Penso que de futuro seria pertinente saberem o conteúdo do que colocam nos vossos artigos, mas já que não o fizeram anteriormente, deixo-vos o link para o nosso web site para que não se repitam episódios de este tipo de grave desinformação:

http://cicloficina.wordpress.com/

Sem outro assunto de momento, e esperando uma breve resposta da vossa parte,

Sérgio Sousa"


Até hoje, ainda não recebi resposta desta estação de televisão, o que denota a falta de ética da mesma.
Perante esta situação tratei de enviar uma queixa para a entidade reguladora do sector:
http://www.erc.pt/index.php?op=conteudo&id=79&mainLevel=folhaSolta&lang=pt#

Se também se sentirem de alguma forma lesados por esta situação, ainda que não participem na Cicloficina, sintam-se livres de enviar um semelhante protesto.

A união faz inevitavelmente a força!

2 comentários:

Major Tom disse...

oi
concordo com o conteúdo do post.
de qq das formas, este comentário era mais para dizer que achei o teu blog super-interessante. não tenho bicicleta e sempre pensei que essa seria uma opção impensável para uma cidade como o Porto. hoje comprei um livro do David Byrne - "Diário da Bicicleta" e fiquei contente por saber, pesquisando na net, que já existe um movimento assim na invicta :)
abraço e keep up

Sérgio Guerra disse...

Viva Tom, obrigado pelo comentário... é bom saber que alguém vai lendo isto :)
Abraço!